Yoga pode ser para você.

Será que todos sabem (mesmo) o que vem a ser Yoga?

Certo dia estava em uma mesa de bar com alguns colegas e alguém me perguntou como era uma aula de Yoga. Juro que quase agradeci esse colega pela pergunta pois o tema Yoga é quase inexistente no meu grupo de amigos. Após pensar um pouquinho eu disse:

- A aula é bem interessante. Você tem as posturas físicas (asanas), práticas respiratórias (pranayamas), a parte de concentração e relaxamento. Pratico tudo isso com a intenção de obter um maior autoconhecimento de mim mesmo. O Yoga também é considerado uma prática meditativa pois através dessas praticas que mencionei você vai se tornando mais introspectivo, com uma vontade maior de ficar "em silêncio", em sintonia com você mesmo.

O colega respondeu:

- Legal.

Pensei comigo mesmo: Como assim legal? Olha como a minha vida melhorou, quantas coisas boas aconteceram desde que comecei a praticar Yoga. Poxa eu sempre falo sobre os benefícios da prática e ninguém se importa.

Me veio um estralo na cabeça e mudei a resposta para algo mais ou menos assim:

- Então, a aula tá bem legal! Vou lá e faço as práticas físicas e de respiração lá com o pessoal. Tem de tudo lá: Advogada, Engenheira, Administrador, Publicitário...todo mundo lá querendo relaxar, tirar um pouco o stress do dia a dia. O legal também é que cada um respeita seu próprio corpo e ninguém ali esta muito interessado em ser capa de revista ou acrobata. Cola lá um dia!

O colega respondeu novamente:

Pô, me chama um dia para a sua aula!

Comento: Será que a Yoga está de fato sendo divulgada para todos ou focada somente naqueles que já a conhecem ou que já tem uma disposição em conhece-la? (ex. praticantes de Qi gong, meditadores, praticantes de Pilates, etc...).

Entendo que a Yoga não é para todos, mas creio sinceramente que ela mereça ser divulgada para todos. Porque temos que falar de forma "séria" ou "carrancuda" sobre Yoga? Porque temos sempre que dizer nomes difíceis em sânscrito para quem é leigo como se isso fizesse diferença na prática em si?

Talvez uma linguagem mais acessível e criativa, adaptativa e divertida fosse capaz de alcançar a todos verdadeiramente. E a partir daí, com um correto entendimento do que vem a ser Yoga, as pessoas optasse (ou não) em praticá-la.

Yoga poderia (ou não) ser para você.

Namastê.