Yoga para crianças com TDAH.

22/09/2020

Existem diversas formas de auxiliar a criança com TDAH ( transtorno de déficit de atenção e hiperatividade) . Yoga é uma delas.

Inquieto. Desmotivado. Distraído. Hiperativo. Impulsivo. Estes são alguns dos "adjetivos" que as crianças portadoras de TDAH (transtorno de déficit de atenção e hiperatividade.) carregam em seu vasto currículo. Digo vasto pois apesar das inúmeras desvantagens, este transtorno também possui algumas vantagens.

Não preciso nem dizer que o currículo da criança com TDAH sempre é lembrado aos pais quando algo acontece em sala de aula. Apelidei carinhosamente a turma que leva as reclamações e faz as observações como a "Turma dos 4Ps" (Professores, Psicólogos, Psiquiatras e Psicopedagogos).

A turma é boa e está disposta (na grande maioria das vezes) a ajudar! Sabe aquele professor criativo que acredita até o final no aluno? Aquele psicólogo que vai a fundo no problema emocional atrás dos sentimentos e pensamentos? Aquele psiquiatra que se entristece ao ver o sofrimento da criança e dos pais, e após tentar de todas as formas um tratamento não medicamentoso decide, por fim, receitar algo? Ou aquele psicopedagogo que desenvolve várias atividades lúdicas com o intuito de interagir e ensinar? É desse pessoal que eu estou falando!

E se convidássemos um outro "P" para o grupo? O profissional de yoga? Será que vale a pena convidá-lo? Vejamos.

- A yoga é uma prática que sugere o autoconhecimento, através da interação corpo-mente. O corpo "fala" e a mente reage. Pense uma criança em uma posição de equilíbrio. Ela precisará levar sua atenção para esta postura e dessa forma sua concentração será trabalhada.

- Uma postura que ofereça uma pequena abertura na região do tórax pode ativar a autoconfiança e a receptividade. Uma posição que exija um pouquinho de força pode trabalhar a força de vontade. Tudo isto aliado a observação. Não é simplesmente alongar uma perna. É perceber os efeitos de se alongar uma perna.

Disse certa vez que o TDAH possui também vantagens, e uma delas é o hiperfoco! Pessoas com TDAH são capazes de focar de forma intensa em algo que elas gostam. Michael Phelps, por exemplo, usa seu hiperfoco para a natação. Walt Disney para o desenho.

A criança com TDAH pode se interessar (ou não) pela yoga pois através das práticas ela poderá experimentar diversos estados mentais como confiança e foco, por exemplo.

Ela começa, então, a ganhar um senso de autonomia e a se perceber através das posturas. Ela começa a entender o que é fácil e o que é difícil de forma clara e lúdica. Ela se desafia.

O profissional de yoga, ao lado dos 4Ps (psicólogos, professores, psiquiatra e pais) têm muito a contribuir para o apoio à criança portadora de TDAH. Fica aqui o convite!

Namastê.

Obs: 

Hoje em dia existem excelentes profissionais que trabalham com yoga para crianças, como a professora Maria Esther e a professora Thais Abrahão (Yoga Sunflower).