O surgimento da Yogaterapia

18/02/2021

O rico diálogo entre o Yoga e a ciência.

Yoga pode ser entendido como a união da alma individual com o Absoluto (Deus) e também como um estilo de vida apoiado numa concepção filosófica e permeado por um conjunto de técnicas que conduzem o praticante a este estado de integração e conexão.

"Pode ser definido, também, como um processo que leva o praticante a um estado de silêncio, deixando a mente livre de suas distrações. É também um sistema de filosofia da Índia, que reconheceu que sem boa saúde física e mental não será possível a aquisição de estados profundos de concentração, onde mente, corpo e espírito interagem, adquirindo um caráter de filosofia prática." ( Prof. Marcos Rojo)

Os antigos textos do Hatha Yoga abordavam a questão da saúde e exercícios que curaram determinadas doenças e desequilíbrios, mas não o falavam de forma sistemática e clara. Não havia naquela época conceitos como medicina integrativa ou Yogaterapia, sendo este último um termo muito recente na vasta trajetória do Yoga. 

O Yoga começa a ser entendido como ciência quanto Swami Kuvalayananda inaugura em 1924 o Instituto de Kaivalyadharma, tendo como objetivo a coordenação entre as ciências modernas e o Yoga. O próprio foi responsável por criar o termo "Yogaterapia" para dar ênfase as práticas do Yoga como um recurso terapêutico para diversos sintomas, problemas orgânicos, físicos e patológicos.

Swami Kuvalayananda criou as bases para que o Yoga passasse de uma prática restrita e confinada em pequenos grupos que se auto investigavam, para um Yoga praticado no mundo todo e aplicado às ciências médicas proporcionando inúmeros benefícios para a sociedade. A publicação do seu livro "Yogaterapia": princípios e métodos básicos, em 1961 é considerado um marco sobre o Yoga e seus efeitos terapêuticos, em uma época onde ainda não se falava em cuidados, integralidade ou práticas integrativas.

Kuvalayananda considera que a abordagem do Yoga com relação ao problema da doença é uma abordagem integral, considerando a relação entre corpo-mente e espírito. Ele considera que o ser humano não é constituído de partes, mas sim de um valor único, uma abordagem de um todo maior, que seria o cosmos. O Yoga não se consiste de meros exercícios: é um procedimento de tratamento composto, que dá atenção a todos os aspectos da personalidade humana.

Os estudos e resultados publicados sobre os efeitos terapêuticos do Yoga, iniciados no Instituto de Kaivalyadhama, impulsionaram o surgimento de centros de yogaterapia, inclusão da prática de yoga e meditação em programas de câncer de hospitais, centros de medicina alternativa afiliados, bem como o estabelecimento de uma nova geração de clínicos chamados "yogaterapeutas".

Algumas referências importantes sobre o assunto Yogaterapia:

Instituto de Kaivalyadhama

https://kdham.com/

IEPY - Instituto de Ensino e Pesquisa em Yoga

https://www.iepy.com.br/


Namastê!